We are using cookies to implement functions like login, shopping cart or language selection for this website and to create anonymized statistical reports of the usage. You will find more information in our privacy policy. By continuing to use our website, you agree to this. Yes, I agree
International Poster Journal of Dentistry and Oral Medicine
Login:
username:

password:

Plattform:

Forgotten password?

Registration

Int Poster J Dent Oral Med 17 (2015), OMD/PDA     15. Jan. 2016
Int Poster J Dent Oral Med 17 (2015), OMD/PDA  (15.01.2016)

Supplement, Poster 941, Language: Portuguese/English


Estudo Epidemiológico de Intervenção Comunitária Desenvolvido em Crianças Escolarizadas de Trás-os-Montes
Epidemiological Study of Community Intervention Developed in Scholar Children of Trás-os-Montes

Frias-Bulhosa, José / Silveira, Augusta / Teles, Ana / Silva, Raquel / Sequeira, Teresa
Introdução:
A intervenção comunitária em Saúde Oral deve constituir uma oportunidade de capacitação do indivíduo para a obtenção de recursos que potenciem a satisfação com a vida e a integração social.
Objetivos:
Avaliar condição oral, IMC, hábitos alimentares,atividade física, sono e qualidade-de-vida-relacionada-com-a-saúdeem crianças com idade escolar.
Promoção da Saúde Oral.
Materiais e métodos:
Estudo aprovado pela Comissão de Ética da UFP.
Observação extra e intraoral de 214 crianças (6-16 anos) do distrito de Vila Real. Registaram-se índices: cpod e CPOd, DAI, Índice de Dean, IHO-S, traumatismo dentário. Administrou-se questionário semi-quantitativo relativo a saúde oral, hábitos alimentares, atividade física, sono e os instrumentos de medida EQ-5D-Y, OHIP-14.
Resultados:
O cpod aos 6-9 e 10-14 anos foi 3.143.26; 0.210,71, respectivamente e o CPOd 6-9, 10-14, 15-16 anos foi respectivamente de 0.921.33; 2.93 2.94 e 5.654.63 (médiadesvio-padrão).O IHO-S mediano foi o mais frequente. A prevalência de fluorose dentária foi 18,2% (feminino) e 16,3% (masculino). A prevalência de traumatismo dentário foi 19,16%. O sexo feminino apresentou um IMC normal (19,53kg/m2), sexo masculino excesso de peso (19,79 kg/m2). EQ-5D-Y pontuou com mínimo no nível 1 (66.7%, "Ter dor") e o OHIP-14 com máximo de 0.450.06 ("Dor física").
Conclusões:
Assinalaram-se:
- Marcantes assimetrias relativas à Saúde Oral;
- Prevalência elevada de cárie dentária e fluorose;
- Reduzida auto-percepção do impacto da saúde oral na qualidade-de-vida.
Implicações clínicas
Sinaliza-se:
1) Necessidade de identificação precisa de factores de risco para doenças orais;
2) Importância da administração de flúor fundamentada nas evidências científica;
3) Premência na adopção de medidas preventivas específicas para grupos de risco.

Introduction:
Oral health community intervention must be an opportunity for individual empowerment in order to gather resources that might promote general life satisfaction and social integration.
Objectives:
Schoolchildren assessment of oral health, BMI, eating habits, physical activity, sleep and health-related-quality-of-life.
Materials and methods:
This study was approved by the Ethics Committee of UFP.
214 children (6-16 years) from Vila Real district were observed. The following indexes were recorded: dmft, DMFT, DAI, Dean index, OHI-S and dental trauma. A semi-quantitative questionnaire related to oral health, eating

Keywords: Medicina dentária comunitária, doença cárie, nutrição, fluorose, traumatismos oro-faciais, qualidade de vida relacionada com a saúde oral
community dentistry, caries, nutrition, fluorosis, oro-facial trauma, oral health-related quality of life


Conference/Exhibition:
24th Annual Meeting of the Portuguese Dental Association
11.-13. November 2015
Meo Arena, Lisboa, Portugal